MP-RJ comunica falecimento do Dr. Carlos Antonio da Silva Navega

Home / Notícias / MP-RJ comunica falecimento do Dr. Carlos Antonio da Silva Navega

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) COMUNICA, com profundo pesar, o falecimento do procurador de Justiça e decano da instituição, Carlos Antonio da Silva Navega, ocorrido neste sábado (28/10)  no Hospital Copa D’Or.

Navega ingressou no MP do antigo Estado do Rio de Janeiro em 1974, com vinte e seis anos de idade. Dez anos mais tarde, em 1984, foi eleito presidente da Associação do Ministério Público (AMPERJ), função que exerceu até 1986. Com atuação firme e corajosa, enfrentou, naquele biênio, um dos momentos mais turbulentos da nossa história institucional.

Em 15 de março de 1987, ainda ocupando o cargo de promotor de Justiça, foi nomeado procurador-geral de Justiça, função que exerceu até 1991, tendo sido o responsável pela implementação, no Parquet fluminense, das grandes mudanças trazidas pela Carta Política de 1988.

Navega também exerceu a função de corregedor-geral do MPRJ, nos anos de 2007 e 2009, durante os períodos de desincompatibilização eleitoral dos respectivos titulares, assim como voltou a exercer a chefia institucional em 2010, durante a desincompatibilização do titular, que se candidatara à recondução.

Desde junho de 2010, Navega ocupava a posição de decano da instituição. Orador brilhante, moldado nas grandes pelejas do Júri, era conhecido e admirado por suas eloquentes intervenções no Órgão Especial, que integrava há muitos anos.

O procurador-geral de Justiça, Eduardo Gussem, decretou luto oficial nas dependências do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) por 3 dias, devendo ser hasteadas a meio mastro todas as bandeiras.

O MPRJ manifesta suas condolências à mãe do ilustre procurador de Justiça, D. Dalva, bem como aos filhos Leandro e Bruno, noras e netos.

Informa, por fim, que o velório será realizado amanhã (29/10),  a partir das 9 horas da manhã, na Capela 1 do Cemitério Parque da Colina, localizado na Estrada Francisco da Cruz Nunes, número 987, em Pendotiba, Niterói, onde, às 13 horas, ocorrerá o sepultamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia o post anterior:
Com participação de Medina Osório, seminário discutiu programas de compliance em Brasília (DF)

A Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (ENFAM), em parceria com o Superior Tribunal de Justiça (STJ) e...

Fechar